Menu

Curta nossa programação...

Oito múmias são encontradas em túmulo faraônico com mais de 3 mil anos de antiguidade

19 ABR 2017
19 de Abril de 2017

Um grupo de arqueólogos descobriu oito múmias, sarcófagos de madeira de cores vivas e mil pequenas figuras funerárias em um túmulo da época dos faraós, no Alto Egito (sul do país), com quase 3.500 anos de antiguidade, anunciou nesta terça-feira (18) o Ministério das Antiguidades.

O túmulo, próximo à cidade de Luxor, um verdadeiro museu a céu aberto, e do Vale dos Reis, aparentemente pertencia a Userhat, um magistrado da 18ª dinastia (1550-1295 A.C.) que possuía o título de "juiz da cidade", mas que foi reutilizado séculos depois já sob a 21ª dinastia para abrigar outras múmias.

"Foi uma surpresa encontrar tantos elementos dentro: utensílios de argila com o nome do proprietário do túmulo, vários sarcófagos e múmias, assim como mais de mil 'ushebti'", pequenas estatuetas funerárias que eram colocadas nos túmulos para substituir o morto na tarefas do além, indicou o ministro das Antiguidades, Khaled Al Anani, durante uma visita ao túmulo organizada para a imprensa.

"É uma descoberta importante, e não está terminada", comemorou Anani. Em um primeiro momento, a porta-voz do Ministério das Antiguidades, Nevine El Aref, anunciou a descoberta de "seis múmias", detalhando que este número poderia aumentar devido à presença de fragmentos adicionais. 

Mais tarde, o chefe da missão arqueológica, Mustafa Waziri, anunciou um total de "oito múmias e dez sarcófagos" encontrados no túmulo. "As inspeções continuam", acrescentou. 

Via Folha PE - Notícias/AFP em 18/04/17
Voltar

Rádio Esperança FM – Jaboatão dos Guararapes – PE   / (81) 3481-0007

Tenha você também a sua rádio