Menu

Curta nossa programação...

Em jogo dramático, Argentina vence e se classifica para as oitavas

27 JUN 2018
27 de Junho de 2018

Croácia bate Islândia e termina fase de grupos com 100% de aproveitamento

Foi sofrido! Apesar de toda a crise, a Argentina conseguiu a classificação para as oitavas de final. Pressionados, os hermanos entraram em campo com a obrigação de vencer a qualquer custo para conseguir se manter no torneio. Mas, do outro lado, estava a Nigéria, que também lutava por vaga.

O jogo era franco, aberto, com muita movimentação, mas sem grandes chances. Das tribunas de honra, Maradona sofria com a falta de criatividade da seleção de seu país. Mas não demorou muito para que o homem, o diferente, o extraterrestre do futebol mundial aparecesse. Depois de duas partidas discretas, Messi recebeu um belo lançamento de Banega e, com a perna direita, mandou para o fundo das redes. Um a zero para a Argentina.

Messi marcou o primeiro gol da Argentina e o primeiro dele na Copa

O resultado se manteve até o intervalo. E logo na volta, mais drama. Mascherano fez pênalti em Balogun aos três minutos da etapa final. O atacante Moses bateu com extrema categoria e deixou tudo igual, resultado que daria a vaga para os africanos. Quando tudo parecia perdido, os deuses do futebol deram um empurrãozinho. Como em uma trama cinematográfica, o lateral Rojo bateu de primeira após cruzamento de Mercado e garantiu a vitória e a classificação. Delírio de Maradona e dos inúmeros hinchas que compareceram à Rússia. Final, Argentina dois, Nigéria um. Na outra partida da chave, a Croácia teve que suar, mas conseguiu bater a Islândia por dois a um. Os croatas terminaram como líderes do grupo D, com 100% de aproveitamento.

Mais cedo, duas partidas definiram os rumos do grupo C. Em jogo de compadres e sem muita inspiração, Dinamarca e França empataram em zero a zero. Esse foi o primeiro jogo do Mundial na Rússia em que a rede não balançou. Apesar da falta de emoção, o resultado foi ótimo para as duas seleções, que garantiram suas vagas. A França, como o imaginado no início da competição, terminou a fase de grupos em primeiro, com sete pontos. Os dinamarqueses ficaram em segundo, com cinco.

E quem diria que a emoção e bola na rede ficaria no duelo entre eliminados? Austrália e Peru mediram forças em Sochi e a seleção sul-americana levou a melhor. Depois de 36 anos longe da Copa, os peruanos voltaram a vencer. Placar de dois a zero, com direito a gol e choro de Paolo Guerrero, atacante do Flamengo.

Os resultados desta terça definiram mais dois confrontos das oitavas. Logo de cara, a França encara a Argentina, no duelo de duas campeãs mundiais. Haverá também o encontro europeu entre Croácia e Dinamarca.

Outras quatro partidas esquentam a quarta-feira (27). Às onze da manhã, pelo grupo F, a Coreia do Sul joga contra a Alemanha, que precisa vencer para se classificar. Na outra partida da chave, o México precisa de um empate contra a Suécia para avançar às oitavas. Às três da tarde, horário de Brasília, será a nossa vez. O Brasil joga contra Sérvia na busca pela vaga nas oitavas, enquanto a Suíça mede forças com a Costa Rica.

Reportagem, Raphael Costa

Voltar

Rádio Esperança FM – Jaboatão dos Guararapes – PE   / (81) 3481-0007

Tenha você também a sua rádio